Aneel libera 41,1 MW para teste e 4,9 MW para operação comercial

A agência reguladora decidiu também prorrogar, por prazo indeterminado, a operação comercial das UFVs São Gonçalo 14, 15 e 17

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou para operação em teste, a partir de 29 de junho, unidades geradoras da EOL Ventos de São Roque 08 e UFV Serra do Mel I, que juntas somam com 41,1 MW de capacidade instalada, e estão localizadas nos estados do Piauí e Rio Grande do Norte. E para operação comercial, foram liberados 4,9 MW da UTE Caviana – COE e UTE Paulínia Verde, localizadas nos estados do Amazonas e São Paulo.

A Aneel decidiu também prorrogar, por prazo indeterminado, a operação comercial das Centrais Geradoras Fotovoltaicas São Gonçalo 14, UG1 a UG24; São Gonçalo 15, UG1 a UG24; e São Gonçalo 17, UG1 a UG12, que pertencem à Enel Green Power. Em 24 de fevereiro de 2022, as referidas centrais foram liberadas por tempo determinado, uma vez que foi autorizada conexão provisória e excepcional ao sistema elétrico, até a entrada em operação do transformador 3 ou até a data de 30 de junho de 2022, o que ocorresse primeiro.

De acordo com a Nota Técnica da agência reguladora, em 23 de junho, a Enel Brasil comunicou o retorno operacional do transformador 03, na condição original outorgada, e solicitou liberação para operação comercial em caráter definitivo das unidades geradoras. Essa excepcionalidade findou-se quando o transformador 03 retornou à condição operativa, fazendo com que a configuração do acesso ao sistema outorgada originalmente fosse restabelecida.