Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

Consumidores de São Paulo, Minas Gerais e Paraná atendidos pela Energisa Sul Sudeste terão aumento médio nas tarifas de 10,65% a partir de 12 de julho. O reajuste da distribuidora, que atende 82 municípios nos três estados, terá efeito médio de 11,58% na baixa tensão.

Para os consumidores residenciais, que fazem parte desse grupo e representam cerca de 86% dos clientes da distribuidora, o impacto será de 11,13%. Já na alta tensão, onde estão os clientes de maior porte, o efeito será em média de 8,58%.

CPFL Piratininga

A Agência Nacional de Energia Elétrica também aprovou a abertura de consulta pública com a proposta de revisão tarifária da CPFL Piratininga. O processo pode levar a uma redução de 1,92% em média nas tarifas da empresa, com quedas de 9,38% em média para o segmento de alta tensão e de 2,63% na média dos consumidores da baixa tensão.

O índice final vai vigorar a partir de 23 de outubro. Antes disso, a revisão passará por discussão, com recebimento de contribuições por escrito entre 12 de julho e 28 de agosto, além de reunião pública na cidade de Santos (SP), em 24 de agosto.