Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou para início da operação comercial, a partir de 05 de agosto, as UG1 a UG16, das UFV Hélio Valgas 5, 6 e 7, que juntas somam 148,8 MW de capacidade instalada. Foram liberadas também as UG1 e UG2, UG4, UG7 a UG9, da EOL Cajuína A5 e A6, que somam 39,9 MW; a UG5, da EOL Ventos de São Vitor 14, com 6,2 MW; e por último, as UG1 e UG2, da UTE Della Coletta, com 8,6 MW. Juntos, para operação comercial, foram liberados 203,5 MW de capacidade instalada.

Para operação em teste, a Aneel autorizou a UG1, da UFV Jorge Batista & Cia – São Jorge I, com 0,14 MW; a UG1, UFV H Bremer & Filhos, com 0,67 MW; as UG4 a UG6, da EOL Serra do Seridó XIV, com 17,4 MW; as UG4 e UG5, da EOL Ventos de São Roque 07, com 11,4 MW; a UG10, da EOL Ventos de Santa Leia 12, com 4,3 MW; e por fim, a UG1, da UTE FS Primavera, com 26,4 MW. Juntos, os empreendimentos somaram 74,17 MW de capacidade instalada.