Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Empresa de Pesquisa Energética tem novo presidente. É o engenheiro Thiago Prado, de 43 anos eleito na semana passada na 246a reunião do Conselho de Administração da entidade. A posse deverá ocorrer em 30 dias. O novo executivo atua como diretor do Departamento de Outorgas de Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Interligações Internacionais do Ministério de Minas e Energia. Também foi professor na Fundação Getúlio Vargas.

Prado é natural de Brasília, formado pela UNB. Possui Mestrado em Energia e Eletrotécnica pelo Programa Interunidades em Energia na USP. E ainda, é doutor em Engenharia Elétrica na Faculdade de Tecnologia da UNB.

No início da reunião da Agência Nacional de Energia Elétrica nesta terça-feira, 19 de setembro, o diretor Hélvio Guerra revelou que Thiago Prado foi eleito presidente da Empresa de Pesquisa Energética. Prado é oriundo dos quadros da agência, mas atuava no departamento de outorgas do Ministério de Minas e Energia. “É uma pessoa altamente qualificada”, parabenizou Guerra.

Sandoval Feitosa, diretor-geral da agência, destacou a trajetória de Prado e a sua capacidade. ‘Tenho certeza que vai desempenhar seu papel grande competência e comprometimento”, afirmou.

Desde a saída de Thiago Barral para a secretaria de Transição Energética do MME no início do ano, a presidência da EPE estava sendo ocupada de forma interina por Angela Livino, diretora administrativa da empresa.