Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Eletrobras afirmou em comunicado ao mercado na última quarta-feira, 20 de setembro, que por unanimidade a 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça deu provimento ao Agravo em Recurso Especial interposto pela Chesf para anular decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal em processo movido pela Energia Potiguar Geradora Eólica e outras geradoras. A disputa judicial seria por conta de atrasos na implantação de Linhas de Transmissão no Rio Grande do Norte.

De acordo com o comunicado, a decisão determinou novo julgamento do processo em segunda instância dos segundos embargos de declaração então opostos pela demandantes. Segundo a Eletrobras, o processo está classificado com provável risco de perda, estimada em R$ 636 milhões.