Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

O presidente da Eletrobras Ivan Monteiro anunciou que a empresa fará um reestruturação na sua área de comercialização. Uma das ações anunciadas durante a teleconferência de resultados realizada nesta quarta-feira, 8 de novembro, é a mudança para São Paulo. De acordo com ele, será criada uma mesa de trading voltada exclusivamente para a energia da própria Eletrobras. O executivo relatou que há conversas iniciais com clientes de setores como siderurgia, papel e celulose e mineração.

Monteiro lembrou que a empresa tinha 30 clientes e agora são 250 com perspectiva de alcançar ainda mais, o que motiva todo esse incremento na área. “Tudo isso buscando soluções de eletrificação para os clientes. Ninguém no Brasil poderá oferecer um portfólio de energia verde como a Eletrobras”, afirma. Monteiro citou ainda a certificação obtida essa semana junto a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica para a planta de H2V em Itumbiara (MG).

O executivo revelou ainda que a empresa está se preparando para participar da disputa no próximo leilão de transmissão, no dia 15 de dezembro. O edital do certame foi aprovado ontem pela agência reguladora e será um dos maiores em investimentos da história, com R$ 21,7 bilhões.

Apesar da confirmação, Monteiro sinalizou para que não se espere grandes aquisições nesse certame, porque a prioridade é a modernização dos parques de transmissão e geração da companhia. A compra de ativos no exterior também foi descartada por ele.