A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou para operação em teste, a partir de 16 de abril, a UG2, da EOL Caetité F., com 4,2 MW de capacidade instalada; as UG1 a UG6, da EOL Ventos de São Zacarias 06, com 34,2 MW; a UG4, da EOL Morro 1, com 5,7 MW; as UG1 a UG5, da UFV Fabricio Industria Petroquimica, com 0,55MW; e por fim, as UG1 a UG218, das UFV Arinos 13, 14 e 17, que somam 111,3 MW. No total, para teste, foram liberados 155,95 MW de capacidade instalada.

Para operação comercial, a Aneel liberou as UG11 e UG12, da EOL Caetité D, com 8,4 MW; a UG5, da EOL Ventos de São Vitor 9, com 6,2 MW; as UG1, UG3, UG5 a UG7 e UG9, da EOL Ventos de Santa Luzia 04 e 05, que somam 54 MW de capacidade instalada. No total foram liberados 68,6 MW de capacidade instalada.