UHE Teles Pires atinge seu patamar máximo de produção em fevereiro

Plena potência de geração permitirá testar todos os sistemas do empreendimento

A Neoenergia informou que a hidrelétrica Teles Pires atingiu a potência máxima de geração de 1.820 MW em 1° de fevereiro, graças ao aumento das chuvas na região. A usina fica no rio Teles Pires, na divisa de Pará com Mato Grosso. Segundo a companhia, o mínimo de vazão para se chegar a 100% de geração são 4.000 m³/s. A produção máxima de Teles Pires equivale ao abastecimento de uma população de 5 milhões de habitantes.
 
A previsão é que essa potência de geração se mantenha até o fim do período de chuvas, em abril, quando então a vazão começa a cair e, com ela, a carga de geração. "Do ponto de vista técnico, a plena potência de geração permite testar todos os sistemas do empreendimento em conjunto, o que demonstra a qualidade e a confiabilidade do projeto", explicou a Neonenergia.
 
A Companhia Hidrelétrica Teles Pires é formada pelas empresas Neoenergia (51%), Furnas (24,5%) e Eletrosul (24,5%). Localizada na Amazônia Meridional, no Rio que Teles Pires, afluente do Rio Tapajós, a usina fica nos municípios de Jacareacanga (PA) e Paranaíta (MT), e figura entre as dez maiores do Brasil.