Copel-D é multada em R$ 1,6 milhão por problemas em instalações na Copa

Valor aplicado pela fiscalização foi mantido pela diretoria da Aneel

A Copel Distribuição recebeu advertência e multa de R$ 1,652 milhão por problemas apontados em instalações destinadas ao atendimento durante a Copa do Mundo de 2014. A penalidade aplicada pela fiscalização foi mantida pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica nesta terça-feira, 15 de março. O valor final da multa ainda será calculado pela Aneel, após a atualização monetária prevista na legislação.
 
A fiscalização da agência aconteceu em abril de 2014, quando foi inspecionado o andamento das obras e o cumprimento dos planos de operação e manutenção para garantir o atendimento e a qualidade do fornecimento de energia elétrica em Curitiba, cidade sede da Copa, e em Foz do Iguaçu. A Aneel vistoriou 16 subestações definidas pela distribuidora como prioritárias na região de Curitiba e apontou irregularidades em instalações e equipamentos, como ausência de placas de advertência, vegetação na brita, iluminação queimada ou sem lâmpadas, além de problemas em transformadores de força, disjuntores, religadores e outros equipamentos.

Foram mencionados também problemas quanto a segurança das pessoas e das instalações, com veículos estacionados no pátio, sobre a brita e sob áreas energizadas, além de funcionários que fumavam enquanto manipulavam equipamentos.