Aneel fixa em R$ 9 bilhões indenização para Furnas por RBSE

Estatal havia declarado valor não amortizado de R$ 10,699 bilhões. Diretoria da agência ainda dará homologação final

A superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira da Agência Nacional de Energia Elétrica fixou em R$ 9 bilhões o valor da indenização prevista pelos ativos não amortizados ou não depreciados de Furnas referentes a Rede Básica do Sistema de Transmissão Existente (RBSE). A empresa, com base em laudo da Deloitte Touche Tohmatsu Consultores, havia solicitado o valor de R$ 10,699 bilhões, data-base de 31 de dezembro de 2012.

A Eletrobras, em comunicado ao mercado, informou que nas demonstrações financeiras da companhia consta o valor contábil de R$ 4,530 bilhões a este título, também com a mesma data-base do pedido de Furnas e do valor proposto pela fiscalização da Aneel.

"Os efeitos econômico-financeiros para a Companhia e o reconhecimento dos respectivos impactos contábeis da indenização em suas Demonstrações Financeiras, dependerão da homologação do valor final pela ANEEL e da definição pelo Poder Concedente das condições de pagamento da referida indenização", informou a Eletrobras no comunicado.