Projetos de seis eólicas na Bahia são classificados como prioritários

Com o aval do MME, usinas estão autorizadas a emitir de debêntures de infraestrutura

O Ministério de Minas e Energia publicou em sua seção no Diário Oficial da União da última quarta-feira, 21 de outubro, a classificação dos projetos prioritários das usinas eólicas Assuruá II (30 MW); V (20 MW); VII (18 MW) e das EOLs Abil (23,7 MW); Acácia (16,2 MW) e Angico (8,1 MW), todas localizadas na Bahia. As usinas foram licitadas no 5º Leilão de Energia de Reserva, realizado em 23 de agosto de 2013. Dessa forma, as eólicas poderão emitir debêntures de infraestrutura.