Usinas fotovoltaicas Dracena I e II são enquadradas no Reidi

Valor do investimento aplicado nas usinas chega a R$ 300,8 milhões, sem impostos

O Ministério de Minas e Energia aprovou na última quinta-feira, 17 de setembro, o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura das usinas solares fotovoltaicas Dracena I e II, localizadas em São Paulo. O projeto das UFVs são semelhantes, com a construção de trinta unidades geradoras em cada usina, que totalizam 30 MW de capacidade instalada. O período de execução das obras vai de 17 de agosto de 2016 a 31 de julho de 2017. O investimento a ser realizado no empreendimento alcança R$ 300,8 milhões, sem a incidência de impostos.