MME enquadra eólicas no RN como projeto prioritário

PCH no Mato Grosso também recebe o aval do Ministério. Usinas poderão emitir debêntures

O Ministério de Minas e Energia autorizou na última quarta-feira, 16 de setembro, o enquadramento como projeto prioritário das eólicas Santana II (24 MW) e Calango 6 (30 MW). As usinas ficam localizadas no Rio Grande do Norte, e tiveram suas respectivas licitações no leilão de energia A-3, realizado em 6 de junho de 2014. Ainda foi classificada pelo MME a PCH Cabeça de Boi (30 MW), no Mato Grosso. A usina foi licitada no leilão de energia A-5, ocorrido em 29 de agosto de 2013. Dessa maneira, as usinas poderão emitir debêntures de infraestrutura.