Procel alcançou economia de 10,5 bilhões de kWh em 2014

Resultado equivale a energia fornecida, em um ano, por uma hidrelétrica de 2.522 MW. Investimento postergado está estimado em R$ 1,78 bilhão

O Eletrobras divulgou na última quarta-feira, 14 de julho, os resultados globais e específicos conquistados no ano passado com as ações de eficiência energética coordenados pelo programa Procel. Em 2014, alcançou-se uma economia de energia da ordem de 10,5 bilhões de kWh, equivalente a produção, por um ano, de uma hidrelétrica de 2.522 MW de potência instada. O custo anual evitado proporcionado pelas ações do programa no ano está estimado em R$ 1,178 bilhão. 

Em 2014, o consumo de energia elétrica no Brasil foi de 473,4 bilhões de kWh. Na classe residencial, o consumo correspondente foi de 132 bilhões de kWh.  Estima-se que as ações fomentadas pelo Procel contribuíram para uma redução de demanda na ponta de 4.022 MW. A energia economizada em 2014 pode ser convertida em emissões evitadas de 1,425 milhão de toneladas de CO2, o que corresponde às emissões proporcionadas por 489 mil veículos durante um ano.

"Os resultados energéticos globais alcançados pelo programa se devem principalmente ao Selo Procel, indicando o destaque que tem sido dado ao consumidor final, por meio da orientação e do estímulo à aquisição de equipamentos mais eficientes. Ao longo dos anos, o selo vem contribuindo para o aumento dos índices de eficiência energética de diversos equipamentos e, consequentemente, para uma redução significativa do consumo de energia elétrica no País."

O Procel é um programa do Governo Federal vinculado ao Ministério das Minas e Energia, criado em 1985 e executado pela Eletrobras. O objetivo é fomentar ações de eficiência energética e o uso racional da energia. Desde sua criação já contribuiu para a economia de mais de 80 bilhões de kWh de energia elétrica. Clique para acessar a íntegra do relatório.