Eletrobras aprova incorporação da CGTEE pela Eletrosul

Objetivo é obter sinergias definidas em Plano Diretor de Negócios e Gestão

O Conselho de Administração da Eletrobras aprovou o início de reestruturação societária entre as subsidiárias Eletrosul e CGTEE. Em comunicado enviado ao mercado na última sexta-feira, 29 de setembro, a Eletrobras alegou que visa obter sinergia operacional, tributária, econômico – financeira e societária, conforme diretrizes estabelecidas pelo Plano Diretor de Negócios e Gestão 2017/2021.

Ainda de acordo com o comunicado, a conclusão dessa reestruturação vai depender da observância das exigências legais e contratuais aplicáveis, além da necessidade do aval dos órgãos de regulação e governo. A CGTEE é uma geradora de térmicas, criada em julho de 1997 e agrupada no Grupo Eletrobras em 2000. Ela possui o complexo de Candiota, com 796 MW de capacidade.