Distribuidoras credoras deverão repassar R$ 159,7 milhões para Conta Bandeiras

Valor estipulado pela agência reguladora é referente a contabilização de novembro

A Agência Nacional de Energia Elétrica fixou R$ 159,78 milhões o total dos valores que as distribuidoras de energia devedoras terão que repassar para a Conta Bandeiras, para fins da Liquidação das operações do mercado de curto prazo junto à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. O valor é referente a contabilização de novembro de 2017 e os repasses deverão ser efetuados até o próximo dia 5 de janeiro.

A Coelba (BA) deverá enviar o maior valor, de R$ 22,68 milhões, sendo seguida pela Light (RJ), com R$ 21,39 milhões. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 3 de janeiro.

A Aneel também determinou que R$ R$ 162,28 milhões serão repassados para as distribuidoras credoras, pela Conta Bandeiras. AES Eletropaulo é que vai receber o maior montante, de R$ 39,54 milhões, com a Cemig ficando em segundo lugar, com R$ 31,68 milhões. O repasse será feito até o dia 9 de janeiro nas contas correntes das distribuidoras vinculadas a liquidação das operações do mercado de curto prazo, após o rateio da eventual inadimplência, devendo o valor definitivo ser aprovado pela Aneel.