Cemig GT e Energimp descruzam participações em parques eólicos

Empresa mineira ficará com a totalidade dos complexos Praias de Parajuru e Volta do Rio. E a Energimp com Praia de Morgado

A Cemig GT divulgou que fechou um acordo com a Energimp para descruzamento de participação em três complexos eólicos. A empresa mineira ficará com 100% dos empreendimentos Eólica Praias de Parajuru e Central Eólica Volta do Rio. A Energimp, por sua vez, ficará com a Central Eólica Praia de Morgado.

Segundo a Cemig, a operação está sujeita a condições suspensivas, tais como a aprovação do órgão de defesa da concorrência, Cade, e do financiador, dentre outras.