4vants vence EDP Starter Brasil 2018

Empresa que utiliza drones e inteligência artificial para otimizar o processo de inspeção de redes elétricas foi reconhecida na segunda edição do programa de aceleração

A grande vencedora da segunda edição do EDP Starter Brasil 2018, iniciativa da EDP em parceria com a TroposLab Aceleradora, é a 4vants, de Curitiba (PR). Com uma vertente de inovação digital, a startup foi reconhecida por sua atuação como plataforma de inteligência artificial que utiliza drones para análise de imagens que possam contribuir na inspeção de redes elétricas.

A última etapa do programa, chamada de Demoday, reuniu os seis projetos finalistas no Cubo, espaço de fomento ao empreendedorismo, em São Paulo. Miguel Setas, presidente da EDP, fez a abertura do evento, falando sobre as principais tendências que têm transformado o setor elétrico, além dos desafios para o futuro.

Os projetos selecionados para a final propõem soluções de inovação envolvendo diferentes tecnologias, tais como inteligência artificial, gestão automatizada de serviços de campo, big data e analytics, serviços financeiros por meio de novos meios de pagamento, plataformas de educação inteligente e armazenamento de energia com baterias.

Durante o evento, as startups tiveram oportunidade de apresentar suas iniciativas a um corpo de jurados formado por executivos da EDP, investidores de mercado e parceiros de negócios, que elegeram a empresa de Curitiba como a grande vencedora. A 4vants será premiada pela companhia para uma Missão na China, em parceria com a StartSe, um dos maiores ecossistemas de empreendedorismo do Brasil. A startup passará uma semana no país asiático em uma imersão focada em inovação.

Além disso, a equipe vencedora acompanhará a EDP ao WebSummit, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, que ocorre em novembro, em Lisboa. No local, os empreendedores terão acesso a um “alpha stand”, um espaço onde poderão demonstrar suas soluções, garantindo assim uma maior visibilidade para suas inciativas e o estímulo de novos negócios. Como se não bastasse, a 4vants também poderá ser avaliada para receber investimentos da EDP Ventures Brasil, primeiro instrumento de capital de risco do setor elétrico brasileiro.

A solução apresentada se baseia no uso de drones para a automação do processo de inspeção das redes de distribuição e transmissão de eletricidade e recorre à inteligência artificial como ferramenta para análise das imagens e das anomalias detectadas. O projeto da startup aumenta a velocidade de inspeção, otimiza a gestão da manutenção, evita riscos a humanos e reduz custos.

Para Michel Sehn, CEO da 4avants, o apoio técnico do programa foi fundamental durante a mentoria. “Com isso, conseguimos identificar oportunidades de melhorias no nosso projeto e chegar à proposta de valor que conquistou o prêmio. Nossos próximos passos serão efetivar a solução, fechar o contrato com a EDP e escalar o projeto internacionalmente”, comentou.

Em segundo lugar no Demoday ficou a Dom Rock, startup cuja solução usa analytics e inteligência artificial para extrair, a partir de dados não estruturados, informações úteis para o negócio. A empresa também garantiu ingressos para o WebSummit, com a oportunidade de fazer conexões no mercado europeu.

A gestora executiva de Inovação da Empresa, Livia Brando, afirmou em sua fala a importância do evento: “Acreditamos no conceito de Inovação Aberta e esta iniciativa de apoio ao empreendedorismo é um exemplo de como a EDP atua, prospectando novas ideias e soluções para o desenvolvimento de projetos que possam contribuir para a construção do futuro do setor energético”, declarou.