Para reduzir gastos, Bolsonaro quer instalar usinas solares na Esplanada dos Ministérios

Segundo presidente, gastos vão cair até 90%. Decisão faz parte de iniciativa governamental de sustentabilidade

O presidente Jair Bolsonaro revelou em seu perfil no Twitter nesta quinta-feira, 5 de setembro, que o governo está preparando um projeto para reduzir os gastos de energia no setor público. De acordo com ele, a revisão de contratos e a geração de energia solar vão reduzir os custos em até 90%. Ele quer instalar micro usinas fotovoltaicas nos prédios anexos da Esplanada dos Ministérios. “As medidas fazem parte da iniciativa ‘Esplanada Sustentável’, que tem como objetivo promover a adoção de modelos de gestão voltados ao uso racional de recursos naturais e à sustentabilidade ambiental e econômica”, disse Bolsonaro.

O ministério da Economia vai oferecer um portal, informações gerenciais para readequação contratual, visando a redução de gastos com consumo de energia. Seis órgãos da administração direta iniciaram revisões contratuais, que preveem redução de R$ 2,6 milhões por ano. Com base nessas informações, outros órgãos e instituições públicas federais poderão identificar medidas e acompanhar a implantação das  soluções. O portal vai ter os dados de consumo de todos os órgãos.

Já estão em processo de análise as contas de órgãos federais localizados em São Paulo e no Rio de Janeiro, em parceria com os fornecedores de energia Enel Distribuição São Paulo (SP) e Light (RJ). O projeto conta com parceria do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento para Excelência e Transformação do setor público, da UnB e da CEB (DF).

Desde 2016, o Ministério de Minas e Energia possui um sistema de geração distribuída solar instalado no telhado do seu edifício-sede. O projeto é fruto de um acordo de cooperação técnica entre o MME e a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica. Por meio da usina, o ministério compensa parte da eletricidade que consome através da sua própria geração. Foram instalados 154 painéis solares e a potência da usina é de 60kWp.