PLD sobe, em média, 4% em todos os submercados

Redução das afluências previstas para as próximas semanas impactam o preço da energia

O Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) para a terceira semana de dezembro (14 a 20 de dezembro), subiu, em média, 4% em todos os submercados, em relação à semana passada, saindo de R$ 217,57/MWh para R$ 226,59/MWh. Segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), o principal fator responsável pelo aumento foi a redução das afluências previstas para as próximas semanas.

Para dezembro de 2019, espera-se que as afluências fechem em torno de 77% da Média de Longo Termo (MLT) para o sistema, estando abaixo da média para todos os submercados: no Sudeste/Centro-Oeste, é de 85%; no Sul é de 57%; no Nordeste, 61% e, no Norte, 64% da MLT.

Para a próxima semana, a expectativa para a carga prevista do Sistema Interligado Nacional (SIN) é em torno de 700 MW médios mais baixa em relação a previsão anterior, com aumento somente no Nordeste (+190 MW médios). Ocorreu uma diminuição no Sudeste/Centro-Oeste (-636 MW médios) e no Sul (-253 MW médios). No Norte não houve alteração.

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 194 MW médios abaixo do esperado, os níveis estão mais altos que a previsão anterior no Nordeste (+466 MW médios) e no Norte (+77 MW médios). Enquanto apresentou redução no Sudeste (-614 MW médios) e no Sul (-123 MW médios).

O fator de ajuste do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) estimado para o mês de dezembro de 2019 passou de 89,7% para 89,3%. O Encargo do Serviço do Sistema (ESS) previsto para dezembro de 2019 está em R$ 11 milhões, sendo em sua totalidade referente às restrições operativas.