ONS: geração eólica em dezembro chega a 6.693 MW médios

Valor ficou abaixo do registrado em novembro, de 7.009 MW médios

A geração eólica média em dezembro de 2019 ficou em 6.693 MW médios e o fator de capacidade médio chegou a 46,7%, esse volume foi superior à do mesmo período do ano anterior, quando a geração média ficou em 4.791 MW médios e o fator em 35,39%. De acordo com dados do Boletim Mensal de Geração Eólica do Operador Nacional do Sistema Elétrico, a geração ficou levemente abaixo da registrada ante o mês anterior, de 7.009 MW médios e fator de capacidade de 49,15%. Em 2017, a geração ficou em 4.746 MW médios e fator de capacidade chegou a 40,94%.

A  capacidade instalada da fonte no país terminou o ano com 14,3 GW instalados. Os estados do Rio Grande do Norte e Bahia continuam na liderança da capacidade, com  3,95 GW e 3,94 GW, respectivamente. O Ceará vem em terceiro, com 1,8 GW. A Bahia teve a maior expansão do ano, crescendo 1,5 GW e o Rio Grande do Norte veio em seguida, com 447,6 MW.

Agosto foi o mês com maior geração média em 2019, com 8.449 MW e fator de capacidade médio de 60,01%. Nesse mesmo período de 2018, a geração ficou em 6.908 MW e fator de 56,48%. Já fevereiro, com 3.236 MW, foi o que teve a geração mais baixa, com fator de capacidade de 23,55%. No consolidado do ano anterior, a geração média registrou 3.045 MW, com fator de capacidade médio de 25,5%.

Por submercado, o Nordeste teve geração média de 5.688 MW médios em dezembro, mais que em 2018, quando marcou 4.044 MW médios.

A íntegra dos dados está disponível neste link.