Eneva assina contrato para captação de R$ 90 milhões junto ao China Bank

Recursos da cédula de crédito visam assegurar liquidez adicional em momento de incertezas e altas volatilidades nos mercados financeiros e de capitais

O Conselho de Administração da Eneva aprovou a emissão de R$ 90 milhões em contrato de financiamento junto ao China Bank, com prazo de 12 meses a um custo de CDI (certificados de depósitos interbancários) de mais 2,50% ao ano, informou a companhia em comunicado ao mercado na última segunda-feira (27). O pagamento de juros e principal se dará no vencimento da captação, liquidada em 24 de abril.

Com a celebração da captação, a empresa expande ainda mais sua rede de relacionamentos bancários, incluindo em sua carteira de credores mais uma instituição financeira de presença global. Os recursos provenientes da operação complementam o montante de R$ 410 milhões obtidos por meio da emissão de debêntures anunciada pela companhia em 13 de abril de 2020.

Segundo o informe, o total somado de R$ 500 milhões destina-se a reforçar ainda mais a posição de caixa da Eneva, “assegurando liquidez adicional neste momento de incertezas e altas volatilidades nos mercados financeiros e de capitais e garantindo maior flexibilidade para o aproveitamento de potenciais oportunidades de investimentos que surgirem”.