Aumento da tarifa em RR pode ficar em 6,46% na média

Roraima Energia passará por revisão tarifária extraordinária

O aumento médio previsto pela Aneel com a Revisão Tarifária Extraordinária da Roraima Energia é de 6,46%. A agência calcula que o efeito a ser percebido por diferentes categorias de consumidores será em média de 11,36% no segmento de alta tensão e de 5,25% para os consumidores conectados em baixa tensão.

O impacto tarifário da RTE será reduzido em 10,78%, com o uso de recursos da Conta Covid para aliviar o impacto de itens financeiros que iriam para a tarifa a partir de 2020. Por solicitação da distribuidora, também foi adiado o pagamento pelo consumidor de 2,71% em outros componentes financeiros sem cobertura da empréstimo emergencial.

A proposta de revisão da Roraima Energia ficará em consulta pública na página da Aneel de 26 de agosto a 9 de outubro, com reunião pública virtual prevista para 24 de setembro. O resultado será aprovado ainda em outubro, para entrar em vigor em 1º de novembro.

O processo envolve a avaliação completa da Base de Remuneração Regulatória para o reconhecimento de investimentos realizados desde a última revisão tarifária da antiga distribuidora Eletrobras em 2013.  A RTE está prevista no contrato de concessão da empresa, que foi privatizada em 2018, e vai substituir o reajuste tarifário deste ano.