PDE 2030: EPE lança caderno de preços de gás

Preços deverão experimentar nos próximos anos mais competição e liquidez nos contratos

A Empresa de Pesquisa Energética anunciou o novo caderno do PDE 2030. Nesse caderno constam as previsões de preços e demanda de gás natural no horizonte decenal, considerando os resultados observados e os aprimoramentos esperados com o programa Novo Mercado de Gás, bem como a retomada do crescimento do setor industrial brasileiro após a pandemia.

De acordo com a EPE, os preços de gás natural deverão migrar nos próximos anos de uma lógica de precificação indexada ao óleo para uma lógica de competição gás-gás com negociação em hubs, levando a uma maior competição entre agentes e promovendo liquidez nos contratos. Ainda segundo a EPE, a demanda total por gás natural terá crescimento de 5% ao ano em média, podendo chegar a 8% ao ano caso sejam viabilizados novos projetos-âncora com demanda por gás natural no âmbito do Novo Mercado de Gás.