Parceria entre Enel e Rede Astra promove projeto de empreendedorismo social

Trabalho será realizado durante dois meses e cada costureiro receberá o valor de R$ 2.739,20

A Enel Distribuição Rio e a Rede Asta, uma organização social que existe há 15 anos, se uniram para elaborar o projeto Costura + Renda, que tem como objetivo oferecer novas oportunidades de trabalho e empreender pessoas em situação de vulnerabilidade social que residem na área de concessão da distribuidora.

Segundo a companhia, o projeto integra o pacote de iniciativas da Enel #JuntosNaMesmaEnergia, que está destinando R$ 23,4 milhões para ações com foco na prevenção e no enfrentamento à Covid-19 no País. A partir do projeto, 43 costureiros residentes dos municípios de Campos dos Goytacazes, Macaé, Cabo Frio, Maricá, Paraty, Petrópolis e Teresópolis foram selecionados por meio do banco de dados da Rede Asta por dois meses para confeccionar paninhos de bocas para bebês. Cada profissional receberá R$ 2.739,20 pelo trabalho e, no total, serão produzidos 18.404 kits contendo 4 paninhos cada, que serão doados para instituições sociais, incluindo as que atendem pessoas com deficiência (PCDs).

O mapeamento dos costureiros selecionados para participar do projeto foi feito em conjunto pelas duas empresas. No final desta iniciativa, os profissionais vão participar de um curso de empreendedorismo oferecido pela Escola de Negócios da Rede Asta e irão integrar o projeto Enel Compartilha Empreendedorismo, que tem o objetivo de promover a inclusão social por meio de práticas empreendedoras, o empoderamento feminino e a geração de renda às comunidades.