Grupo Climatempo compra Somar e potencializa mercado da América do Sul

Empresas serão as principais provedoras brasileiras de serviços meteorológicos

O Grupo Climatempo e a Somar Meteorologia assinaram nesta segunda-feira, 29 de março, uma parceria estratégica na qual a Climatempo adquire 100% da Somar e seus fundadores passam a fazer parte do conselho de administração. Com atuação em diversos seguimentos da sociedade, como agricultura, energia, mídia, transporte, mineração, construção, varejo entre outros, a união das duas empresas faz com que a Climatempo tenha condições de ser protagonista global de fornecimento de dados e soluções para os setores produtivos do Brasil e da América Latina. Carlos Magno do Nascimento, fundador e presidente do Grupo Climatempo, permanece no comando da empresa como CEO e Marcos Massari, CEO da Somar, passa a fazer parte do conselho de administração.

De acordo com Soeren Andersen, CEO da StormGeo, a combinação entre Somar e Climatempo vai permitir o atendimento melhor ainda aos clientes da América do Sul, oferecendo uma ampla gama de serviços e desenvolver produtos focados e ágeis. Juntas, a Climatempo e a Somar serão as principais provedoras brasileiras de serviços meteorológicos para empresas e consumidores, nascidas e cultivadas com raízes brasileiras.

Para Marcos Massari, CEO da Somar Meteorologia, a fusão da Somar & Climatempo agrega um imenso valor ao mercado. Segundo ele, vai haver um ganho em qualidade técnica com a soma dos nossos produtos, modelagem e experiência dos times. A Somar traz em sua bagagem mais de 25 anos uma forte expertise no atendimento ao Agronegócio, Energia, Mídia e Monitoramento Ambiental. Com a fusão. Massari prevê o portfólio mais completo do mercado, para melhor atender as necessidades dos cientes.

A transação completa a transformação da Climatempo que, nos últimos anos, expandiu seu foco para o consumidor final em vários segmentos, apostando na inovação e em tecnologia. Desde 2019, a Climatempo faz parte do Grupo StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão. A vinda da Somar para o grupo fará com que as empresas consumidoras de informações ambientais tenham acesso a novos produtos e sistemas ampliando ainda mais as competências e alcance, incluindo serviços e soluções focados nos setores de energia e energia renovável.

A presença global da StormGeo possibilita a expansão do network da Nova Climatempo e permite que a empresa atenda ainda melhor seu clientes nacionais e internacionais. Ao mesmo tempo, a aliança faz com que a StormGeo amplie seu alcance na região. Combinando forças, as duas companhias estarão posicionadas de forma única para fornecer inteligência meteorológica inovadora não apenas para o Brasil, mas para toda a América Latina.

De acordo com Carlos Magno, CEO da Climatempo, as negociações com a Somar iniciaram há alguns meses e as conversas foram no sentido de ampliar de forma significativa a atuação B2B. A Climatempo tem grande expertise nas áreas de energia, agricultura e em mídia, e a chegada da Somar vai dar mais robustez para avançar junto a estes mesmos segmentos, além de fortalecer o monitoramento ambiental. Segundo Magno, as três áreas são as apostas para 2021, ano em que planejado o lançamento de novas soluções para alertas de desastres ambientais e sistema de suporte à decisão para setores críticos.

Ele revela também que outra novidade no radar é o lançamento de um produto que faz uso de inteligência artificial para interpretar em tempo real o impacto das variáveis atmosféricas. A BRG Capital atuou como consultora do Grupo Climatempo e StormGeo na transação.