Setor eólico adicionou 97 GW de capacidade no mundo em 2020

Segundo relatório da BloombergNEF, fonte cresceu puxada mercado onshore. A partir de 2022, a maior parte do crescimento virá do offshore

O setor eólico adicionou 97 gigawatts (GW) de capacidade em um recorde de 2020. Para 2021, a consultoria espera um crescimento forte, porém menor, de 88 GW. A partir de 2022, as adições em terra (onshore) se estabilizarão e a maior parte do crescimento virá do mar (offshore).

A energia eólica offshore deve exceder 10 GW de instalações anuais pela primeira vez em 2021 e atingirá mais de 30 GW em 2030. A previsão é que a capacidade eólica cumulativa dobrará de 2021 a 2030, atingindo 1,7TW até o final da década.

Na região das Américas, os EUA estão preparados para mais um ano de forte construção eólica onshore em 2021, após um recorde de 2020. Brasil e Chile devem sustentar o crescimento na América Latina.

A Europa está se preparando para o maior ano de adições de energia eólica onshore em 2021, e o total aumentará ainda mais em 2022 com 21 GW de instalações. Na Ásia-Pacífico, o setor eólico onshore cresceu muito no ano passado, puxado pela China, o que levou a instalações recordes na Ásia-Pacífico em 2020.