Geração eólica bate dois recordes no mesmo dia

Fonte atingiu 12.717 MW às 21:38 horas da última terça-feira, 13, representando 105,1% da demanda no Nordeste

Os bons ventos de julho continuam fortes e registraram mais uma série de recordes para a produção de energia no Nordeste, que apresentou dois picos de geração instantânea na última terça-feira, 13 de julho, o primeiro de 11.715 MW às 9:28 horas e o último às 21:38 horas, alcançando 12.717 MW e representando 105,1% da demanda na região, afirma boletim do ONS.

Um dia antes a fonte apresentou a melhor geração média, chegando a 10.873 MW médios e correspondendo a 98,8% do consumo energético do submercado, que desde o início do mês segue em uma sequência de múltiplos recordes. De acordo com o Operador, a energia eólica hoje representa 10,7% da matriz elétrica brasileira e a expectativa é que chegue ao fim de 2025 conferindo 13,2%.