Neoenergia Brasília investe R$ 2,5 milhões em modernização na rede da Asa Norte

Melhorias vão permitir ais segurança e confiabilidade no fornecimento

A Neoenergia Brasília (DF) conclui obra de melhoria das redes de energia da Asa Norte, modernizando e trazendo mais confiabilidade na prestação do serviço para 8,3 mil clientes na região, incluindo HRAN, Hemocentro, edifícios do Setor Médico Hospitalar e diversas quadras residenciais.

A construção de novos circuitos alimentadores a partir da SE Estádio Nacional, com recursos na ordem de R$ 2,5 milhões, permitirá realizar a transferência definitiva da fonte de fornecimento das quadras SQN e CLN de 102 a 104, de 302 a 304, de 202 a 204 e de 402 a 404; da quadra SRVTN 701; e do HRAN, Hemocentro, Edifício Crispim, Edifício Cléo Otávio e Edifício de Clinicas, localizados no SMHN.

A SE Estádio Nacional, em funcionamento desde 2013, é dotada com sistema de isolamento a gás, o que torna o sistema imune às descargas atmosféricas. Ela tem uma capacidade instalada de 64 MVA – o suficiente para fornecer energia a uma cidade com 100 mil habitantes – e passa a receber a carga desses clientes, trazendo ainda mais confiabilidade ao fornecimento de energia de importante região da área central do Distrito Federal.

De acordo com o diretor-presidente da Neoenergia Brasília, Frederico Candian, a obra beneficia não apenas os moradores da Asa Norte, mas também os brasilienses que dependem e utilizam os equipamentos públicos e privados do Setor Médico Hospitalar Norte. Segundo ele, a obra está em linha com o plano apresentado de triplicar os investimentos anuais na rede elétrica do DF, trazendo mais segurança e confiabilidade no fornecimento de energia à população.