AES Brasil firma parceria para projeto de P&D de análise de risco climático e hidrológico

Iniciativa visa desenvolver software de planejamento de portfólio energético de médio e longo prazo, considerando o impacto financeiro e estratégico das mudanças climáticas no setor elétrico brasileiro

A AES Brasil acaba de firmar uma parceria com a WayCarbon, consultoria de soluções para economia de baixo carbono, e com a Enacom, desenvolvedora de softwares, para o desenvolvimento de um projeto de P&D Aneel para análise de risco climático e hidrológico. A iniciativa visa fortalecer a tomada de decisões da AES Brasil diante dos cenários de risco.

De acordo com a empresa, a execução do projeto busca auxiliar na análise e planejamento da geração de energia nas plantas eólicas, solares e hidrelétricas da Companhia. Além disso, contribuirá com a mensuração do potencial impacto financeiro das mudanças climáticas em cada um dos ativos que compõem o portfólio da empresa. As análises serão desenvolvidas pela MOVE® , plataforma da WayCarbon que avalia a vulnerabilidade e os riscos associados às ocorrências climáticas a partir de dados estatísticos e análises geoespaciais.

Paralelamente, para determinar como mudanças na vazão hídrica, no regime de ventos e na incidência de irradiação solar podem afetar o portfólio da empresa, a Enacom vai elaborar, a partir das plantas da AES Brasil, os chamados ‘gêmeos digitais’ (digital twins – em inglês), softwares que simulam a operação dos ativos reais, com todas as variáveis de risco, visando a otimização da produtividade em cada cenário climático desenvolvido.