Comissão do Senado aprova regras para construção de LTs em terras indígenas

PLP 275/2019 pode permitir a integração de Roraima ao sistema elétrico nacional e segue agora para Comissão de Constituição e Justiça

A Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado aprovou na última terça-feira, 5 de abril, um projeto que torna “de relevante interesse público da União” a passagem de linhas de transmissão por terras indígenas. O relator da proposta, senador Vanderlan Cardoso, do PSD de Goiás, ressalta que o estado de Roraima poderá ser beneficiado com a aprovação do PLP 275/2019.

“Roraima tem até hoje o crescimento restrito pela questão energética. É uma das energias mais caras do Brasil e ali empresários ou indústria não vão fazer investimentos tendo cortes constantes no fornecimento como acontecem na região ”, comentou.

O autor do projeto, senador Chico Rodrigues, do Democratas de Roraima, disse que a proposta é estratégica para o país, ao passo em que se tem a iminência da construção do linhão de Tucuruí por um trecho de 715 km entre Manaus e Roraima.

Já na avaliação do senador Esperidião Amin, do PP de Santa Catarina, a aprovação na CI traz o assunto para o debate mas ele afirma não saber se o projeto vai ser aprovado em sua sequência. “Podem arguir a constitucionalidade, mas nós temos que fazer algo, pois como está não pode”. A proposta será analisada agora pela Comissão de Constituição e Justiça.

*Com informações da Agência Senado