Equatorial avança na integração da Echoenergia

Companhia afirmou que seguirá avaliando eventuais oportunidades para fortalecimento do seu portfólio

A Equatorial anunciou nesta terça-feira, 17 de maio, que o processo de integração da Echoenergia ao grupo está chegando ao final. “Vamos avançar em 2022 com a integração da Echoenergia aos negócios do grupo, destravando todo o negócio de geração e comercialização de energia e seguiremos avaliando eventuais oportunidades para o fortalecimento do nosso portfólio”, disse o CEO da Equatorial, Augusto Miranda.

“A Echoenergia é uma plataforma já consolidada no mercado de geração renovável e irá permitir ao grupo Equatorial atuar como player de energia integrada”, ressaltou Miranda. A Equatorial concluiu a compra de 100% das ações representativas do capital social da Echoenergia em março deste ano pelo valor total de R$ 7,03 bilhões.

Augusto também destacou que a companhia está focada no avanço dos processos de Turnaround no Rio Grande do Sul e Amapá e cujos resultados iniciais já são possíveis perceber no resultado divulgado neste trimestre.

Já no saneamento, a companhia dará início a operação no Amapá (CSA) agora no início de julho. “Apesar de ainda estarmos no período de operação assistida já avançamos em diversas frentes, realizamos a contratação da empresa âncora para a frente comercial, atendimento e faturamento. Com o mesmo fornecedor de distribuição de energia também contratamos o âncora técnico responsável pela substituição de hidrômetro e já estamos construindo hidrômetros de grandes clientes. E também contratamos a empresa para realizar o recadastramento de clientes”, explicou o CEO.

Ainda durante a teleconferência, os executivos da Equatorial destacaram a conclusão da venda da Gera Maranhão, reforçando a trajetória ESG da companhia e a saída da companhia do segmento de geração a diesel. Por fim, a companhia anunciou que aprovou dividendos no montante de R$ 704 milhões R$ 0,64 por ação.