Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Aeris Energy teve um prejuízo de R$ 19 milhões no segundo trimestre, o que representa uma diminuição de 14% em relação as perdas em igual período do ano passado. Nos seis primeiros meses do ano, o prejuízo está acumulado em R$ 41,3 milhões, o que significa um crescimento de 50,9% sobre as perdas de igual semestre anterior.

A fabricante de pás eólicas registrou R$ 91,3 milhões de ebtida ajustado no trimestre, um crescimento de 36% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a margem ebtida foi de 10,7%. No primeiro semestre de 2023, o ebtida ajustado atingiu R$ 186,2 milhões, com margem de 11%.

A receita operacional líquida foi de R$ 854,6 milhões, um aumento de 31% quando comparado ao mesmo trimestre anterior e no primeiro semestre, a ROL foi de R$ 1,686 bilhão, um aumento de 41,9% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Segundo a Aeris, o Retorno sobre o Capital Investido (ROIC) foi de 13,7% no 2T23, aumento de 3,1 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado. No período, as linhas maduras representaram 97% do capital investido e um Lucro Operacional após os Impostos (NOPAT) de R$ 51,7 milhões. “Considerando a evolução histórica dos níveis de retorno ao longo dos contratos, a alta concentração de linhas maduras indica aumento progressivo do ROIC”, afirmou a empresa.

A companhia também investiu R$ 32,1 milhões para aquisição de máquinas e equipamentos para aumento da capacidade produtiva nas estações de acabamento de pás.