Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Enel finalizou a venda de todas as participações acionárias detidas pelo grupo na Romênia à empresa grega Public Power Corporation S.A. (PPC). Em linha com o referido acordo, a PPC pagou um valor total de aproximadamente € 1,240 bilhão, equivalente a um valor empresarial cerca de € 1,900 bilhão.

A transação geral, excluindo o earn-out potencial, gerou um efeito positivo na dívida líquida consolidada do Grupo de cerca de € 2,080 bilhões em 2023, o que inclui a entrada de caixa de cerca de € 200 milhões em dividendos extraordinários, que se soma ao efeito positivo de cerca de € 85 milhões já gerados em 2022.

Além disso, a transação também produziu um impacto cumulativo negativo de € 1,398 bilhão nos resultados líquidos relatados do Grupo para 2022-2023, dos quais € 777 milhões em 2023 (incluindo € 655 milhões relativos à liberação da reserva cambial). Por outro lado, a transação não tem impacto nos resultados econômicos ordinários do Grupo.

A venda está alinhada com as prioridades estratégicas do Grupo, que preveem o reposicionamento da Enel em países onde o Grupo tem maior potencial de crescimento e uma presença integrada, ou seja, Itália, Espanha, Estados Unidos, Brasil, Chile e Colômbia.