Tarifas da DMED terão aumento médio de 21,08%, com reajuste anual

Aneel também aprovou processo tarifário da cooperativa de Mogi das Cruzes, que terá reajuste médio de 10%

As tarifas da DME Distribuição terão aumento médio de 21,08% a partir de 22 de novembro. O efeito médio será de 22,78% para os consumidores atendidos em alta tensão e de 20,09% para os clientes do segmento de baixa tensão.

O reajuste da concessionaria foi influenciado pelo aumento do custo de compra de energia. Pesaram nesse item a variação da tarifa de Itaipu, que é cotada em dólar; o aumento da tarifa das usinas hidrelétricas em regime de cotas e os contratos de energia por disponibilidade.

Cooperativa

A Agência Nacional de Energia Elétrica também aprovou o reajuste anual das tarifas da Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de Mogi das Cruzes. O processo resultou em aumento médio de 10% para os consumidores da Cermc, com efeito médio de 10,78% para os consumidores em alta tensão e de 9,38% para os de baixa tensão.