MME autoriza Golar Power a importar GNL da Argentina

Prazo da autorização é de dois anos e visa mercado da região Sul e São Paulo

O Ministério de Minas e Energia autorizou em portaria publicada nesta sexta-feira, 7 de fevereiro, a Golar Power a importar até é 100.000 m³/dia de Gás Natural da Argentina na forma liquefeita. O mercado potencial são os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. O transporte do insumo será rodoviário e será entregue em uma Base Logística a ser instalada no Estado do Rio Grande do Sul.

De acordo com a portaria, a autorização tem validade de dois anos. A Golar apresentar para a ANP os contratos assinados com os fornecedores de GNL, no prazo de 15 dias, além de relatório com informações sobre o volume de GNL de cada carregamento, a quantidade de energia correspondente, a identificação do veículo transportador e os preços de compra do GNL importado calculados no ponto de internalização do produto.