Copel e Eneva entram na carteira do Ibovespa

Setor tem 12 empresas na lista. Período que faz parte inicia nesta segunda e vai até 30 de abril

O ano inicia e no mercado de capitais, duas ações estreiam no principal índice do país, o Ibovespa. Os papeis  preferenciais de categoria B da Copel (PR) vão fazer parte da carteira teórica do Ibovespa que passa a vigorar a partir desta segunda-feira, 4 de janeiro, até 30 de abril, com peso de 0,431%. A Eneva foi outra empresa que também vai passar a integrar o índice.

Com a entrada dessas duas empresas, o índice passa a ter 81 ativos de 78 empresas. Da área de energia fazem parte Cemig PN (0,643% de participação ), Copel PNB, Cosan ON (0,452%), CPFL Energia ON (0,276%), Eletrobras ON (0,598%), Eletrobras PNB (0,407%), EDP ON (0,227%), Energisa UNIT (0,585%), Eneva ON (0,772%), Engie ON (0,521%),  Equatorial ON (1,062%), Petrobras ON (4,325%), Petrobras PN ( 5,872%) e Taesa UNIT (0,336%), além da fabricante de equipamentos WEG ON (2,554%)