Juiz rejeita argumento e encerra ação contra Eletrobras nos EUA

Autores de ação contra a estatal podem recorrer da decisão

O Juiz Distrital dos Estados Unidos, Jesse M. Furman, rejeitou todas as reivindicações feitas contra a Eletrobras e seus diretores em uma ação judicial movida contra a companhia pela Eagle Equity Funds, LLC e outros.Tal decisão extingue o processo e impede que os autores intentem novamente ação semelhante em tribunais federais norte americanos.

Segundo a estatal, a decisão conclui que os autores da ação não apresentaram certos requisitos para suas reivindicações sob o “Securities Exchange Act”, incluindo danos conhecidos aos instrumentos financeiros relevantes. E ainda, não demonstrou confiança razoável nas supostas declarações falsas ou omissões dos Requeridos.

Segundo as regras da Justiça daquele país, os autores podem optar por recorrer da decisão e/ou buscar uma medida pós-julgamento junto ao Tribunal Distrital. E ressaltou que em qualquer um dos casos, pretende continuar a se defender diligentemente até que decisão transite em julgado e, portanto, não possam ser utilizados novos recursos.