CEEE Equatorial leva multa de R$ 3,4 mi por informações fora do prazo

Distribuidora tem prazo de 10 dias para apresentar recurso ao auto de infração emitido pela Agergs em função dos problemas com fornecimento de energia e comunicação com clientes após os temporais no começo de março

A CEEE Equatorial foi multada em mais de R$ 3,4 milhões por deixar de enviar ou disponibilizar informações requeridas pela Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) no prazo e nas condições estabelecidas no começo de março, quando uma série de temporais afetou o fornecimento de energia em Porto Alegre e na Região Metropolitana. Cerca de 200 mil unidades consumidoras da concessão chegaram a ficar sem luz no estado.

A companhia agora tem prazo de dez dias para apresentar recurso ao auto de infração, ou vinte dias para o pagamento da penalidade. A Agência também informou que continua em andamento o procedimento de fiscalização para verificação das medidas adotadas pela concessionária em resposta aos eventos que geraram perturbações significativas ao serviço de distribuição, assim como o que aconteceu na semana do dia 6 de março.