Neoenergia tem lucro de R$ 106,9 milhões no segundo trimestre

Lucro no semestre sobe mais de 4,3% e chega a R$ 298 milhões

A Neoenergia teve um lucro de R$ 106,9 milhões no segundo trimestre de 2016. A empresa divulgou nesta sexta-feira, 12 de agosto, seus resultados financeiros. O lucro é menor que o do mesmo período de 2015, de R$ 163,9 milhões. A receita operacional líquida recuou 10,88%, ficando em R$ 3,8 bilhões. Já o Ebitda da Neoenergia no trimestre é de R$ 703,9 milhões, subindo 19,14% na comparação com o do segundo trimestre de 2015.

No semestre, o lucro ficou em R$ 298 milhões, diminuindo 4,39% na comparação com o primeiro semestre de 2015, de R$ 285,7 milhões. A receita operacional líquida no semestre chegou a R$ 7,1 bilhões, pouco abaixo dos R$ 7,31 bilhões do mesmo período de 2015. Em seis meses, o Ebitda ficou em R$ 1,45 bilhão, valor 21,15% superior ao do primeiro semestre de 2015.

De acordo com a empresa, o grupo Neoenergia realizou investimentos consolidados de R$ 1,3 bilhão no primeiro semestre de 2016, dos quais 84% foram para o segmento de distribuição; 14,4% para a área de geração e 2,1% em transmissão e outros investimentos. Ainda foram investidos R$ 333 milhões em empresas coligadas e controladas em conjunto.

Na distribuição, houve um crescimento de 2,9% no volume de energia distribuída pelas distribuidoras do Grupo, com destaque para um crescimento de 7,1% na Coelba. A Cosern teve uma queda de 0,2% e a Celpe, de 1,3%.