Petrobras elege novo diretor de Refino e Gás Natural

A indicação do Diretor Executivo foi objeto de análise pelo Comitê de Pessoas do Conselho de Administração

A Petrobras informou que seu Conselho de Administração, aprovou, através de reunião realizada no dia 26 de janeiro, a dispensa de Anelise Quintão Lara, dando lugar ao eleito Rodrigo Costa Lima e Silva para o cargo de Diretor Executivo de Refino e Gás Natural, responsável pelas operações industriais de refino e gás natural, não estando a seu cargo desinvestimentos de ativos.

A estatal informou que Rodrigo Costa Lima e Silva é graduado em Administração de Empresas pela Universidade Católica de Salvador. Possui mestrado em Administração de Empresas pelo IBMEC e MBA em Finanças Corporativas pela FGV, além de atuar na Petrobras há 15 anos, onde já ocupou diversas funções gerenciais nas áreas de Exploração e Produção, Gás e Energia e Estratégia e tendo sido presidente do Conselho de Administração de algumas subsidiárias da Petrobras. Desde 2019, ocupava o cargo de Gerente Executivo de Gás e Energia.

A companhia ressaltou que a indicação do Diretor Executivo foi objeto de prévia análise pelo Comitê de Pessoas do Conselho de Administração da Petrobras.