Petrobras inicia processo de venda de térmicas no Amazonas

Empresa pretende se desfazer da Breitener Energética onde tem 93,7% de participação em duas térmicas com 315 MW de potência instalada

A Petrobras iniciou o processo de venda de duas térmicas em Manaus (AM). Em comunicado divulgado na noite desta segunda-feira, 13 de maio, a companhia começou a etapa de divulgação da oportunidade (Teaser), referente à venda integral de sua participação de 93,7% na empresa Breitener Energética. A empresa possui dois ativos, a UTE Breitener Tambaqui e a UTE Breitener Jaraqui, totalizando 315 MW de capacidade instalada.
As usinas somam capacidade contratada de 120 MW até 2025 com a Amazonas Energia, distribuidora de energia do Amazonas, por meio de contrato exclusivo de compra e venda de energia. De acordo com a estatal, este Teaser contém as principais informações sobre a oportunidade, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes. Os interessados acessam esses dados no site de relação com investidores da petroleira. Essa é a primeira etapa do processo de venda, as próximas, destacou, serão informadas oportunamente ao mercado.
“A presente divulgação está em consonância com a Sistemática para Desinvestimentos da Petrobras, que está alinhada ao regime especial de desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista federais, previsto no Decreto 9.188/2017. Esta operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os nossos acionistas”, finalizou o comunicado.