Petrobras inicia abertura ao mercado de gás no Brasil

Companhia anuncia primeira etapa dos procedimentos que visam o acesso de outras empresas a suas unidades de processamento

A Petrobras anunciou na última quarta-feira (27) o início dos procedimentos para abertura de suas unidades de processamento de gás natural para acesso aos demais produtores do insumo no país. De acordo com o modelo em implantação, a companhia passará a atuar como processadora do insumo fornecido por outros agentes, reafirmando o comprometimento em contribuir para o desenvolvimento de um mercado de gás aberto, competitivo e sustentável no Brasil.

A estatal afirmou que está informando os potenciais interessados sobre suas plantas, o modelo de negócio a ser adotado e os procedimentos de oferta e contratação. A capacidade de processamento será ofertada em duas fases: com a capacidade aos agentes que possuem direitos sobre o insumo oriundo de campos em produção, de forma a garantir a continuidade da produção de óleo e gás do país, etapa já em curso, e posteriormente a oferta de processamento disponível aos demais interessados, a ser realizada anualmente.

Atualmente a petroleira compra volumes de gás dos demais produtores, onshore e offshore, processa-o em suas unidades, contrata o transporte por meio de dutos e revende às distribuidoras estaduais. Quando o novo modelo for implementado, os produtores do insumo não precisarão, necessariamente, vender para a companhia e poderão contratar parte da capacidade de processamento continuando como proprietários do gás produzido e de todos os seus derivados, possibilitando que negociem diretamente seus produtos com o mercado.