Petrobras inicia fase não vinculante de venda de 5 térmicas

Estão na lista de desinvestimento a Brasympe Energia, Energética Suape II, Termoelétrica Potiguar, Companhia Energética Manauara e Brentech Energia

A Petrobras iniciou a fase não vinculante referente à venda de sua participação em cinco sociedades de geração formado por cinco térmicas. Estão na lista de desinvestimento a Brasympe Energia, Energética Suape II, Termoelétrica Potiguar, Companhia Energética Manauara e Brentech Energia.
A petrolífera detém 20% da Brasympe, que por sua vez possui 60% da Termocabo S.A., que é dona de uma usina termelétrica movida a óleo combustível situada em Pernambuco, com capacidade instalada de 49,7 MW. Esse nível de participação é o mesmo em Suape II, que é proprietária de uma usina também movida a óleo combustível naquele estado, mas com capacidade instalada de 381,25 MW.
Na térmica Portiguar são outros 20% de uma holding que possui participação de 60% na Companhia Energética Manauara e de 70% na Areia Energia e Água Limpa Energia, proprietárias de pequenas centrais hidrelétricas, localizadas em Tocantins, com capacidade instalada de 11,4 MW e 14 MW, respectivamente.
Na Manauara são 40%, a empresa possui uma usina termelétrica de bicombustível (óleo diesel e gás natural) localizada no Amazonas com 85,4 MW de capacidade instalada. A Petrobras detém 30% da Brentech, proprietária da Usina Termelétrica Goiânia II movida a diesel, localizada em Goiás, com capacidade instalada de 140,3 MW.
Segundo a empresa, os potenciais investidores habilitados para esta fase receberão instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das propostas não vinculantes.