Bandeira em junho será vermelha, patamar 2

Mês começa com reservatórios mais baixos que o normal para essa época do ano

O consumidor vai pagar em junho um adicional de R$6,243 para cada 100kWh consumidos, com a aplicação da bandeira tarifaria vermelha, patamar 2. O anúncio feito pelo Agência Nacional de Energia Elétrica na noite desta sexta-feira, 28 de maio, reflete a deterioração das condições de armazenamento nos reservatórios da principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado.

Em maio, primeiro mês da estação seca, a agencia já havia alterado a cor da bandeira, que passou de amarela em abril para vermelha patamar 1, com custo adicional para o consumidor de R$4,169 a cada 100kWh.

Segundo a Aneel, no mês de junho os reservatórios estarão em níveis mais baixos para a época do ano, com redução na geração hidrelétrica e aumento de energia de termelétricas. “Essa conjuntura pressiona os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto de prazo (PLD), levando à necessidade de acionamento do patamar 2 da Bandeira Vermelha”, explicou a agencia em nota.